28/07/2022

FMI eleva previsão de crescimento do PIB do Brasil para 1,7% em 2022

O Fundo Monetário Internacional melhorou consideravelmente a projeção para o crescimento do  Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, de 0,8%, na projeção de abril, para 1,7%. A instituição, no entanto, prevê dificuldades para a economia brasileira em 2023.

No relatório  "Perspectiva Econômica Global" o FMI estima melhoria de 1,1% na atividade econômica, 0,3 ponto percentual abaixo da última análise.

No Brasil, as  expectativas do mercado financeiro também são otimistas para este ano, mas pessimistas para 2023. Segundo o Boletim Focus, produzido por especialistas consultados pelo Banco Central, o PIB deve expandir 1,93% em 2022 e 0,49% em 2023.

Isso porque o governo vem elevando os gastos devido ao ano eleitoral. Além do corte de impostos, que devem ser reestabelecidos no próximo ano, os estímulos fiscais também devem contrair.

O Ministério da Economia é ainda mais confiante no seu desemprenho em 2022, prevendo crescimento de  2% neste ano e de 2,5% em 2023.
América Latina

O Brasil ajudou a impulsionar a projeção para o crescimento da América Latina e Caribe, com o FMI estimando agora aumento do PIB da região de 3,0% este ano, 0,5 ponto a mais do que no relatório anterior.