08/04/2021

Jantar com Bolsonaro: dívida dos empresários presentes chega a R$ 186 milhões


No jantar  entre Bolsonaro e empresários brasileiros nesta quarta-feira (7) estavam companhias que, juntas, somam R$ 186 milhões de dívidas ativas com a União. Segundo a revista Época, só o SBT, representado pelo CEO José Roberto Maciel, é responsável por mais da metade do montante (R$ 97,2 milhões).

A Cosan, atuante na área de açúcar e álcool, de Rubens Ometto, deve  R$ 46,3 milhões em dívidas previdenciárias. Já o Banco Inter, fundado por Rubens Menin, deve R$ 36,6 milhões.

O Habib's, de Alberto Saraiva, fundador e CEO, possui R$ 5,9 milhões em dívidas previdenciárias e o Bradesco, onde Luiz Carlos Trabuco Cappi é diretor-presidente, tem R$ 400 mil pendentes no FGTS.